Notícias

A pedido da CNTur, Prefeito de São Paulo cria Secretaria Especial de Turismo

Recebido pelo Presidente da CNTur, Nelson de Abreu Pinto, e acompanhado da vice-prefeita Nádia Campeão e de diversos secretários municipais, como João Antonio (Relações Governamentais), Juca Ferreira (Cultura) e Antonio Donato (Governo Municipal), e vereadores, como Marco Aurélio Cunha e Paulo Frange, o Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, assinou, na sede da entidade em São Paulo, decreto que cria a Secretaria Especial para Assuntos de Turismo. O encontro foi realizado em 27 de setembro, durante almoço oferecido pela confederação, pela Fhoresp – Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo, pelo SinHoRes-SP – Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo e pela ABRESI – Associação Brasileira das Entidades e Empresas de Gastronomia, Hospedagem e Turismo, que reuniu cerca de 300 pessoas.

Assim, o Turismo paulistano passará a ter uma ligação direta com o gabinete do prefeito Fernando Haddad, o que será possível pela elevação do status da São Paulo Turismo (SPTuris) para Secretaria Especial de Turismo após requisição do Confederação Nacional do Turismo (CNTur) atendida pelo prefeito. “Agora a SPTuris terá status, regalias e responsabilidades de secretaria”, afirmou Haddad, que considera a ação uma aposta decisiva no Turismo.

Em suma, a mudança elimina burocracias e aproxima questões do turismo do governo municipal, mas não elimina as atividades da SPTuris, que mantém sua atuação em conjunto com a nova pasta. Sendo assim, o seu presidente acumulará também o cargo de Secretário Especial para Assuntos de Turismo, função hoje ocupada por Marcelo Rehder.

Segundo Haddad, alçar a autarquia à secretaria especial reconhece o turismo como uma das “molas propulsoras da economia da cidade”, além de deixar mais claros os desafios do segmento para os próximos anos. “É difícil uma cidade do mundo oferecer a diversidade que São Paulo tem”, argumentou o prefeito, afirmando ainda que, em números absolutos, a cidade hoje recebe mais turistas que o Rio de Janeiro. Ressaltou também a importância da Lei de incentivos fiscais para a Zona Leste, que contempla a construção de hotéis, flats e outros segmentos de hospedagem.

Para Nelson de Abreu Pinto, presidente da CNTur, lembrou da importância do Turismo e da Gastronomia como fonte de criação de empregos e crescimento para a cidade. Para o presidente, “esta nova vitória da CNTur é uma demonstração do governo paulistano da importância do segmento para o desenvolvimento do nosso País”.

 
 
Parceiros:

     

Mapa do Site
| Contato
Melhor visualizado em1024x768
Copyright 2000/2008 SINHORES-SP Ltda. Site desenvolvido por Departamento de informática do SINHORES-SP